keep coming up with love.

Imagem

mudei o meu tom. estou amarelada, gozando com a vida. cansei de levar as coisas no mundo quadriculado, já levei? eles vão casar, vão ter filhos. eu vou viajar, estou berrando vida em orelha alheia que me cruzar.

meu carro em alta velocidade e nem sou eu que estou acelerando. o dia está subindo com força, a mesma força que sobe um alpinista com objetivo. minhas linhas são transversais e não perpendiculares.

sou um animal com todas as patas. quero correr para onde minha vida é o natural. rimo ritmo da sensação de peito fervendo. gritos são de vida condicionada. eu disse adeus. sem, mais nenhuma chance.

preciso encontrar minha manada. só lembro detalhes da caverna e o seu cabelo ‘dead lucky’ penteado de sucesso dos anos 2000. tempo, tempo, tempo, tempo, tempo, tem, po. under. under, pressure.

viram minhas roupas jogadas no chão. estão todos me vendo nua, meus peitos gelados contra o vento. meu cabelo enroscado. minha cara de pressing down sendo aliviada. é o prazer!

a vez, minha vez! como um palavrão sincero de amigo. porra! você mudou! ao meus duvidosos dentes caninos, me impulsionando, comendo carne crua, me melando de sangue cheio de vida.

a vida está dançando comigo, ela está cheia de vida. quem é ela? quero o seu sorriso, seu olhar, seu entusiasmo! quero tudo. quero o sol. a nuvem inteira. aquela fotografia que montamos em paradise town.

meus elementos visuais, under pressure. love. love. love. love. love. ai, ai. respira, respira. para de tirar fotos nuas minhas. para de sorrir olhando no meu olhar. para de jogar charme na areia e construir uma praia inteira.

corra! estou a mais de 290 km/h guiada por mapas manchados de tinta guache. give love, give love, give love, give love, give love. panela de pressão fervendo, apitando, o som da tevê na novela das oito berrando no ouvido da mãe.

me cubra com suas dúvidas e me chame de mal. afinal, eu não presto para brincar de lego. mas gosto de brincar com facas. o perigo! that’s ok. as pessoas nas ruas, elas sim, são cheias de tentações como eu.

todas as libidos dançando o novo funk carioca sensation remix do dj buceta. cortinas fechando ao mesmo tempo. It’s the terror of knowing. o espetáculo está virando performance. teatrologers, logados, curtindo o meu umbigo quadrado.

a senhorinha com óculos grau 3 tecendo a cruzada top 10 da revista ti ti ti ti, personagens da novela, quem é a bicha má? F-E-L-I-X.  Why? Why? Why? Why?

chame pelo meu nome inteiro, que eu vou. marque para o próximo evento dos intelectuais de esquerda marxistas nilistas sofistas da cidade ou o evento apocalíptico dos ecos sustentáveis. consegui minha credencial para entrar na sua vida.

what this world is about?  Watching some good friends screaming let me out! Corra, pegue o ônibus, metrô, trem, venha até a praça protestar comigo. estou pedindo um novo feriado, estou de saco cheio de pessoas de terno e de conversas sobre futebol.

why can’t we give love that one more chance? deixe-me ir! comprei passagem para Taguaratibá. Vamos nos encontrar em serra pelada, estou com a fitinha de Nossa Senhora Aparecida torcida em dois nós. com a rádio na estação de brazilian music, ouvindo correnteza de Djavan.

meu celular tocou. mudei até a imagem de abertura. agora tem uma foto provocando você, and loves dares you to change our way of caring about ourselves.

quero você. this is our last dance.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s