decálogo

quando a nossa maior fragilidade é aquilo que nos torna distantes. como se qualquer diálogo não fosse tão interessante assim. como se todos estivessem dopados de alegria por sentimentos eufóricos do momento. eu vou me perdendo nas sombras desenhadas nas paredes. nas sombras noturnas dos caminhos urbanos de São Paulo. as luzes fazem parte do cenário. meus olhos é tudo aquilo que me sobrou de mais sincero. meus pensamentos ultrapassam algumas barreiras que o meu corpo limita. esses dias eu ouvi em algum lugar que na precisão há uma pequena falha. algumas decisões são passageiras. quando tudo fica meio confuso, sinto que as coisas passageiras são aquelas que nos transmitem maior intensidade. como se eu provasse que a intensidade não é rotina. e que minha fotografia congelou o meu olhar. aquele olhar que eu não encontrava mais. eu nunca revelei. tenho medo de ser um caminho sem volta. mas meu medo é só a minha maneira de me tornar mais fria diante do mundo. não penso muito sobre outras possibilidades em relação a vida. mas acho oportuno que eu possa sentir a frequência de uma intensidade desconhecida. não construo detalhes. vou fragmentando. deixo solto a qualquer um. minha escrita é sinal de fraqueza. voltar aqui, quer dizer, que estou me expondo. quando eu volto a me expor. algo tocou na minha percepção que me tirou do piloto automático. vejo poemas em formas de gotas. vejo cores formando o céu. vejo desenhos contornando histórias que ainda não foram traçadas. vejo desfechos de cenas que ainda não dirigi. vejo um espectro de possibilidades que me ultrapassam. que me tornam um turbilhão. vejo detalhes que escapam de mim.

Um comentário sobre “decálogo

  1. “vou me perdendo nas sombras desenhadas nas paredes”
    .
    vc sempre escreve em seus textos que está se perdendo nas sombras, o mesmo papinho de sempre.
    .
    .
    “tenho medo de ser um caminho sem volta”

    Qual é o caminho sem volta ?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s