2 a.m

comecei assim, descrevendo minhas histórias de uma forma que eu pudesse deixar de ser eu. a máquina de escrever, negócio antigo, que temei por usar já não fazia mais sentido. mas queria sentir o que seria mudar esse ‘dispositivo’ que estou tão acostumada. com o teclado, eu vou fluindo, como se não olhasse, a escuridão que me rodeia, é só o meu quarto com as luzes apagadas. a música de fundo, me leva, para um lugar distante daqui. perco minha percepção de realidade. e sumo. 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s